São Paulo, 30 de Novembro de 2012


PIB: infraestrutura deve impulsionar investimento
 
O IBGE divulgou que a economia brasileira cresceu pouco no terceiro trimestre de 2012. Em comparação com o mesmo período do ano anterior, o PIB acumulou alta de 0,7% nos primeiros nove meses do ano. É um resultado abaixo do potencial brasileiro e das oportunidades existentes.

Da mesma forma, o ritmo de investimento continua fraco. Nos primeiros nove meses do ano, houve redução de 3,9% na taxa de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF), que mensura o investimento total na economia.

Na infraestrutura, especificamente, a Abdib acredita que os investimentos apresentarão resultado um pouco melhor, um crescimento real perto de 6% em 2012, em comparação com o ano passado. Os dados conclusivos só poderão ser calculados após o primeiro trimestre do próximo ano. Já em 2013, a expectativa é que haja uma recuperação um pouco mais acentuada nos investimentos em infraestrutura, com crescimento real de até 10% sobre os valores aplicados em 2012.

Nos últimos anos, o investimento em infraestrutura tem sido uma das engrenagens mais importantes do crescimento da economia. Em 2003, foram aplicados, em números atualizados, R$ 63,2 bilhões, incluindo os setores de petróleo e gás natural, energia elétrica, transportes, telecomunicações e saneamento básico. Em 2011, esse volume de investimento atingiu R$ 173,2 bilhões. Apesar da evolução registrada, o desafio agora é acelerar os aportes na infraestrutura.

O investimento em infraestrutura, sem dúvida alguma, é e será um elemento primordial para garantir um resultado melhor em 2013 e nos anos seguintes. Esse crescimento do investimento em infraestrutura que esperamos para os próximos anos será ainda importante para melhorar competitividade e a produtividade geral da economia brasileira.

Adicionalmente, os pacotes de concessões e parcerias público-privadas nas áreas de rodovias, ferrovias, portos e aeroportos devem funcionar como um importante impulso para o crescimento dos investimentos em infraestrutura e em toda a economia brasileira. Com planejamento e eficiência, os novos investimentos darão grande contribuição ao crescimento econômico.
Autor: Paulo Godoy é presidente da Abdib

18/07/2015 - Recursos hídricos e saneamento básico: Falta decisão política
04/11/2014 - Propostas para a infraestrutura
05/09/2014 - Uma agenda de mudanças para a infraestrutura
27/11/2013 - Finalmente, chega o ano das concessões
16/10/2013 - Infraestrutura: o risco do investidor e o papel do Estado
 
 Índice de Opiniões    Enviar por e-mail    Imprimir    Página inicial
Copyright © 2001-2020 Abdib. Todos direitos reservados.ClickW